Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb
Comunidades Virtuais - Distúrbio de AlimentaçãoDoençaPesquisasLinksFórum
Distúrbio de Alimentação

Anorexia Nervosa

Dr. Salvador Busse

IntroduçãoDescriçãoDiagnósticoTratamentoBibliografia

Tratamento

Como deve ser realizado o tratamento para a anorexia ?
Quais medicamentos podem ser usados no tratamento?
Que outros procedimentos são utilizados para tratar a anorexia?
Que recomendações podem ser feitas aos pais?

Como deve ser realizado o tratamento para a Anorexia ?

O primeiro problema a ser enfrentado no tratamento da anorexia nervosa é a questão da necessidade da internação. Normalmente a paciente é levada a se tratar quando em condições físicas precaríssimas, aumentando os riscos de letalidade.

J. A. Flaherty, autor de "Psychotherapy and Bulimia Nervosa", estabelece os seguintes critérios para resolver a polêmica: é necessária a internação quando houver rápida perda de peso (maior do que 30% ao longo de seis meses), severa perda de energia e hipocalemia ou alterações eletrocardiográficas.

Outro autor, T. A. Cordás, propõe cinco principais categorias para o tratamento da Anorexia:

1. Tratamento em regime de hospitalização com a instalação de vigorosos cuidados de enfermagem e administração de dieta hipercalórica, mesmo contra a vontade da paciente, caso se faça necessário.
2. Técnicas comportamentais e cognitivas têm sido incorporadas em muitos programas atuais para anorexia. As técnicas mais empregadas são a exposição, a prevenção de resposta, a intenção paradoxal e a restruturação cognitiva.
3. Psicoterapia individual: uma abordagem psicoterápica mais ativa, incluindo aspectos educacionais e uma postura mais direta deve ser empregada, ao invés da psicoterapia clássica interpretativa.
4. Psicoterapia familar para indivíduos que ainda vivem em um núcleo familiar e cujos conflitos familiares sejam um importante fator principiante. Para pacientes casadas esse recurso é obrigatório pois são supostamente mais velhas, o que piora o prognóstico.
5. Psicofarmacoterapia.

[sobe]

Quais medicamentos podem ser usados no tratamento?

O primeiro medicamento usado foi a clorpromazina. Em 1992, 14 pacientes foram tratadas com doses diárias entre 20 e 200mg desse medicamento, das quais 4 tiveram melhora parcial e 10 total.

Antidepressivos têm sido largamente usados, tais como :
Amitriptina - Segundo Eckert (1986), melhora os sintomas depressivos mas não provoca aumento de peso.
Clorimipramina - Segundo Hoffman (1993) é uma droga pouco eficaz.
Maprotilina - Segundo Matarazzo (1992), tem sido usada pelo Serviço de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em associação com neuroléptico, mostrando-se bastante eficaz quando existe a presença de traços depressivos.
Trazodona - É um antidepressivo inibidor da monoamino oxidase. De acordo com Hudson (1985), não obteve resposta terapêutica em 10 pacientes tratadas.
Fluoxetina - Kaye (1991), em uma amostragem de 31 pacientes obteve boa resposta em apenas 10 pacientes, com aumento do apetite, redução ou desaparecimento de sintomas obsessivos, depressivos ou ansiedade; em outro estudo com 160 pacientes realizado por Jacobsen (1992), 54 obtiveram algum ganho de peso e 34% apresentaram queixas na esfera sexual (diminuição da libido e/ou resposta sexual).

Hoffman (1993) advoga o uso da Ciproheptadina (hidrocloreto de ciproeptadina), um anti-histamínico e antagonista da serotonina, pois não tem efeitos colaterais dos antidepressivos tricíclicos (queda da pressão arterial e aumento da freqüência cardíaca) e preconiza seu uso principalmente em tratamentos de anoréxicas edemaciadas.

[sobe]

Que outros procedimentos são utilizados para tratar a anorexia?

Dally (1966) faz referência ao uso da insulinoterapia, hoje em desuso, pois sua ação orexígena (que produz apetite) torna-se desnecessária no tratamento da anorexia nervosa, já que as pacientes não tem perda de apetite mas se negam a se alimentar. Também foi utilizada a eletroconvulsoterapia, que trazia algum benefício com relação à ansiedade, humor e apetite. As neurocirurgias (leucotomia modificada) tiveram sua indicação no passado em casos extremos, hoje seu uso está abandonado para a anorexia.

[sobe]

Que recomendações podem ser feitas aos pais?

Aos primeiros sintomas de restrição alimentar é importante que se avalie a intensidade desse regime e sua real necessidade. Caso haja um exagero desmedido e as mesmas não tenham um comprovado aumento do peso esperado para sua altura e idade, procure os cuidados de um psiquiatra que tenha comprovada experiência no tratamento dessa patologia.

[Introdução] [Descrição] [Diagnóstico] [Tratamento] [Bibliografia]


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


Últimas Notícias
marcador Será que as mães sabem quando basta?
marcador Crianças que assistem programas para adultos antecipam a atividade sexual
marcador A relação entre o sal e a hipertensão
marcador Dieta mediterrânea reduz risco de danos cognitivos
marcador Drogas para alcoolismo contêm urgência para apostadores patológicos
marcador Poluição na estrada aumenta o risco de alergia em crianças
marcador Dormir mais afeta positivamente o desempenho cognitivo
marcador Beber álcool regularmente pode diminuir risco de artrite reumatóide
marcador Crianças com baixa densidade óssea têm deficiência de vitamina D
marcador Pressão e colesterol altos podem estar associados com doença vascular da retina
marcador Drogas anti-inflamatórias não melhoram função cognitiva em idosos
marcador Atividade física previne câncer de mama em certos grupos
marcador O segredo da vida longa pode não estar nos genes
marcador Excesso de ferro pode prejudicar crianças
marcador Doenças mentais nos pais associadas a autismo nos filhos
marcador Obesidade piora o impacto da asma
+ saúde
marcador Importância da atividade física
marcador Coma um pouco de tudo e de tudo um pouco
marcador Pirâmide alimentar
marcador Soja reduz níveis de colesterol
marcador Maçã protege contra câncer e radicais livres
marcador Todos os vegetais podem prevenir câncer de próstata
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter