Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb
Doenças e Prevenção

Pé Diabético

Prof. Dr. Emil Burihan

IntroduçãoDescriçãoDiagnósticoTratamentoBibliografia

Tratamento

Como é o tratamento do pé diabético?
Como é o tratamento cirúrgico para os problemas circulatórios dos membros?
Quais são os cuidados com a nutrição?
Quais os cuidados que o paciente diabético deve ter?
Como prevenir as complicações no pé diabético?

separador

Como é o tratamento do pé diabético?

O paciente com pé diabético deve evitar carregar peso para evitar acidentes e traumas no pé e deve ser hospitalizado com repouso absoluto, quando necessário.

a) Tratamento da neuropatia:

O tratamento da neuropatia é sintomático. São receitados vitaminas do complexo B, antidepressivos, tricídicos e carbamezapina.

b) Tratamento das úlceras (feridas):

O tratamento das úlceras neurotróficas (úlceras que se formam como conseqüência da perda de sensibilidade dos nervos) é de extrema importância, já que é um fator determinante da redução da amputações de membros inferiores, enfatizando os aspectos preventivos e educacionais.

c) Tratamento da macroangiopatia diabética:

O tratamento para as conseqüências da macroangiopatia diabética, são os mesmos utilizados para a não diabética:

  • Realizar exercícios programados de marcha.
  • Evitar traumatismo químico, térmico ou físico nos pés.
  • Usar vasodilatadores: Pentoxifilina (comprimidos) 3 vezes ao dia.

d) Tratamento cirúrgico quando necessário:

  • Desbridamento (limpeza cirúrgica) de pequenas áreas de abcesso ou extensas, quando necessário, área de infecção que não melhore com o antibiótico.
  • Revascularização do membro que somente pode ser avaliado, indicado e realizado após a utilização do Duplex-scan e/ou arteriografia.
  • Drenagem e amputação aberta, se necessário.
  • Fisioterapia e reabilitação (treinamento para o uso de próteses).

[sobe]

Como é o tratamento cirúrgico para os problemas circulatórios dos membros?

Após o estudo com dúplex scan e a arteriografia que identificarão a extensão dos problemas circulatórios, temos várias opções:

  • Angioplastia transluminal percutânea: dilataçao do vaso através de um tubo especial – cateter, com disposito na ponta (balão) para dilatar a parte estreitada. Ela está bem indicada para segmentos curtos (4 a 6cm de extensão) no território ilíaco. No território femoral os resultados são piores, o mesmo ocorrendo com as artérias da perna.
  • Enxerto aorto bi-ilíaco ou bifemoral nas obstruções extensas, desse segmento (enxerto da aorta que vai ser colocado nos pontos onde há obstrução do sangue da aorta até a artéria ilíaca).
  • Enxerto fêmoro-poplíteo ou distal. (enxerto entre a coxa e a perna).
  • Endarterectomia está indicada para lesões curtas do segmento ilíaco, consiste na abertura da artéria e fazer uma retirada da placa de ateroma.

[sobe]

Quais são os cuidados com a nutrição?

O diabético deve seguir as orientações de um nutricionista para as necessidades alimentares, para controlar o seu diabetes e sua aterosclerose

[sobe]

Quais os cuidados que o paciente diabético deve ter?

O paciente com diabetes mellitus precisa ter assistência permanente de um clínico geral bem orientado ou de um especialista para que mantenha um controle rigoroso de seu diabete. Apesar deste bom controle, o paciente com tempo de doença longo, poderá ter complicações.

É fundamental um exame cuidadoso do pé diariamente com ênfase para a região abaixo do calcanhar. Se o paciente tiver dificuldade de enxergar, deve pedir a ajuda de alguém para que o ajude a fazer a inspeção cuidadosa do pé e informar sobre a sensibilidade do mesmo (anestesia – falta de sensibilidade e hipostesia – diminuição da sensiblidade), a presença de calosidades e feridas.

Podiatra para educar o paciente a lidar com a prevenção e para recomendar o uso de chinelos e sapatos apropriados.

[sobe]

Como prevenir as complicações no pé diabético?

  • manter os pés limpos e secos;
  • não usar sapatos e meias apertados;
  • não utilizar material cortante nos pés;
  • não andar descalço;
  • não lavar os pés com água quente;
  • passar loção hidratante nas pernas e pés;
  • não usar esparadrapo diretamente sobre a pele;
  • não utilizar bolsa de água quente.

[sobe] [topo]

[Introdução] [Descrição] [Diagnóstico] [Tratamento] [Bibliografia]


Enviar a um amigo



[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


Outros artigos
bullet Alzheimer
bullet Aneurismas arteriais periféricos
bullet Aneurisma da Aorta
bullet Anorexia Nervosa
bullet Ansiedade
bullet Artrite Crônica Juvenil
bullet Artrite Reumatóide Juvenil
bullet Aterosclerose
bullet Autismo
bullet Bulimia Nervosa
bullet Catapora
bullet Colesterol Alto
bullet Depressão Infantil
bullet Distúrbios de Ansiedade
bullet Doenças da Coluna
bullet Doença de Parkinson
bullet Doença de Chagas Congenita
bullet Doenças Varicosas
bullet Embolia Arterial Aguda
bullet Epilepsia
bullet Esclerodermia
bullet Esclerose Sistêmica
bullet Espondilite Anquilosante
bullet Fadiga
bullet Fadiga Crônica
bullet Febre Amarela
bullet Febre Reumática
bullet Hepatite A - Vacina
bullet Hiperidrose
bullet Hipertensão Arterial
bullet HTLV-I
bullet Influenza A (H1N1)
bullet Meningite Neonatal
bullet Obesidade
bullet Pé Diabético
bullet Pressão Alta
bullet SAF
bullet Sedentarismo
bullet Síndrome do Anticorpo Antifosfolipídeo
bullet Síndrome de Hughes
bullet Síndrome de Reiter
bullet Telangiectasias
bullet Transpiração Excessiva
bullet Tromboembolismo Venoso
bullet Trombose Venosa Profunda
bullet Úlceras de Perna
bullet Vacinações
bullet Varicela
bullet Varizes
bullet Vasinhos
bullet Veias Varicosas
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter