Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Doenças e Prevenção

Artrite Reumatóide Juvenil

Profa. Dra. Maria Odete Esteves Hilário

Introdução Descrição Diagnóstico Tratamento Bibliografia

Descrição

A artrite reumatóide juvenil ou artrite crônica juvenil é uma doença auto-imune, produzida pelo sistema imunológico da criança. As células de defesa, que normalmente são formadas para defender o organismo das infecções ou das agressões externas, passam a agredi-lo. A criança apresenta artrite em uma ou mais articulações. É uma doença inflamatória crônica que não é fatal mas caso não seja tratada precocemente, pode acarretar prejuízos permanentes que podem variar desde uma discreta dificuldade para se abaixar até a impossibilidade de fazer a sua higiene pessoal e tornar-se totalmente dependente da família.

Como os órgãos são afetados?
Quais são as causas da doença?
Quais são os sintomas da doença?
Quais são as conseqüências da doença?

separador

Como os órgãos são afetados?

A doença pode afetar as articulações, pele, fígado, baço, olhos, pericárdio e pleura.

As articulações podem apresentar inchaço, calor, vermelhidão, dor e a criança ter dificuldade para fazer os movimentos. Essas alterações ocorrem em apenas uma ou em várias articulações. Inicialmente, a artrite pode atingir poucas articulações e na sua evolução, outras podem ser comprometidas.

Em algumas crianças, a doença inicia com febre, erupção na pele, aumento dos gânglios, aumento do fígado e do baço, inflamação do pericárdio que envolve o coração e da pleura que envolve o pulmão; a artrite aparece somente após as primeiras semanas. Nestes casos, é comum as crianças apresentarem dificuldade para levantar da cama ou iniciar a andar após ficarem sentadas por muito tempo, como nas salas de aula.

[sobe]

Quais são as causas da doença?

As causas da artrite reumatóide juvenil são desconhecidas. Sabe-se apenas que infecções, traumas físicos e estresse emocional podem desencadeá-la. Por outro lado, existe a predisposição familiar. Não é qualquer criança que irá apresentar a artrite reumatóide juvenil, mas apenas aquelas que tem a tendência para apresentá-la, ou o que chamamos de susceptibilidade genética.

[sobe]

Quais são os sintomas da doença?

Principalmente o inchaço articular associado ou não a dor, calor local, dificuldade de movimentação e, raramente, vermelhidão. Isso poderá ocorrer em uma ou em várias articulações, juntas ou sucessivamente.

A doença pode se apresentar de três maneiras diferentes: algumas crianças têm comprometimento de uma a quatro articulações (são chamadas de pauciarticular), outras apresentam comprometimento de 5 ou mais articulações (são chamadas de poliarticular) e uma pequena parcela apresenta as manifestações sistêmicas como febre, mancha na pele, aumento dos gânglios, do fígado e do baço e a artrite aparecer somente semanas ou meses após o começo desse quadro (são chamadas de sistêmicas).

A febre que algumas destas crianças apresentam é bastante característica. Costuma ser alta, em torno de 39 a 40° C, geralmente aparece só uma vez ao dia, no final da tarde, e costuma desaparecer com o uso de antitérmicos, para retornar no dia seguinte. Durante o pico febril, a criança fica bastante caída, porém com a diminuição da temperatura ela volta a ser ativa como antes. Outro dado que deve chamar a atenção para esta doença é que a erupção cutânea aparece ou fica mais intensa durante o pico de febre.

Alguns pacientes, especialmente meninas, que apresentam o comprometimento de poucas articulações (pauciarticular) podem ter comprometimento ocular (inflamação) chamado de iridociclite crônica, que, geralmente, não dá sintomas e deverá ser detectada pelo oftalmologista através de um exame denominado de biomicroscopia. Se não for diagnosticada e tratada precocemente, esta inflamação poderá evoluir com complicações, inclusive prejuízo ou perda da visão.

[sobe]

Quais são as conseqüências da doença?

A artrite reumatóide juvenil não é uma doença fatal, a mortalidade é baixa. Entretanto, pode acarretar prejuízos permanentes muito importantes para a criança. Se o paciente não for tratado adequadamente e precocemente, pode evoluir com limitações e incapacitações para toda a vida, cuja extensão dependerá do tipo e intensidade do comprometimento articular. As limitações podem variar desde uma discreta dificuldade para se abaixar até a impossibilidade de fazer a sua higiene pessoal e tornar-se totalmente dependente da família.

[Introdução] [Descrição] [Diagnóstico] [Tratamento] [Bibliografia]


Enviar a um amigo



[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


Outros artigos
bullet Alzheimer
bullet Aneurismas arteriais periféricos
bullet Aneurisma da Aorta
bullet Anorexia Nervosa
bullet Ansiedade
bullet Artrite Crônica Juvenil
bullet Artrite Reumatóide Juvenil
bullet Aterosclerose
bullet Autismo
bullet Bulimia Nervosa
bullet Catapora
bullet Colesterol Alto
bullet Depressão Infantil
bullet Distúrbios de Ansiedade
bullet Doenças da Coluna
bullet Doença de Parkinson
bullet Doença de Chagas Congenita
bullet Doenças Varicosas
bullet Embolia Arterial Aguda
bullet Epilepsia
bullet Esclerodermia
bullet Esclerose Sistêmica
bullet Espondilite Anquilosante
bullet Fadiga
bullet Fadiga Crônica
bullet Febre Amarela
bullet Febre Reumática
bullet Hepatite A - Vacina
bullet Hiperidrose
bullet Hipertensão Arterial
bullet HTLV-I
bullet Influenza A (H1N1)
bullet Meningite Neonatal
bullet Obesidade
bullet Pé Diabético
bullet Pressão Alta
bullet SAF
bullet Sedentarismo
bullet Síndrome do Anticorpo Antifosfolipídeo
bullet Síndrome de Hughes
bullet Síndrome de Reiter
bullet Telangiectasias
bullet Transpiração Excessiva
bullet Tromboembolismo Venoso
bullet Trombose Venosa Profunda
bullet Úlceras de Perna
bullet Vacinações
bullet Varicela
bullet Varizes
bullet Vasinhos
bullet Veias Varicosas
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter