Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Agosto de  2000

Combatendo doenças cardíacas em minutos
Fonte: Circulation, 29/08/2000

No primeiro estudo do gênero, pesquisadores mostram que várias sessões curtas de exercícios podem ser tão benéficas quanto uma única sessão longa se a quantidade total de exercícios for a mesma. A pesquisa foi publicada na edição de 29 de agosto do jornal Circulation.

Outro estudo indica que o exercício vigoroso é mais benéfico do que níveis moderados de atividade física no combate às doenças cardíacas.

"A atividade física não precisa ser arduamente longa para ser benéfica", diz o pesquisador Howard D. Sesso, Sc.D., do departamento de epidemiologia da escola de Saúde Pública de Harvard, onde o estudo foi conduzido. "Sessões curtas, de 15 minutos de duração, são muito úteis, o que pode motivar os indivíduos sedentários à atividade física", complementa.

Um questionário foi enviado a 7307 homens, com média de idade de 66 anos, em 1988 e 1993. Os participantes informaram seus hábitos de saúde e históricos medicinais, estimando a freqüência e duração das sessões de atividade física a cada semana. Foram classificados, então, de acordo com a duração média máxima de cada episódio, sendo estatisticamente controlados com relação a outros fatores que afetariam o risco de doenças cardíacas, tais como fumo, hipertensão, diabetes, morte precoce dos pais e consumo de álcool.

Os resultados indicaram que quando a energia total gasta era semelhante, sessões maiores de exercícios apresentavam efeitos similares sobre o risco de doenças cardíacas, quando comparadas às sessões de menor duração. Portanto, homens que se engajavam em esportes ou atividades recreacionais apresentavam riscos de doenças cardíacas similares àqueles de pessoas que apenas caminhavam e subiam escadas, desde que o gasto de energia fosse comparável.

No segundo estudo, os pesquisadores enviaram questionários a 12.516 homens de meia-idade (média de idade de 57 anos) em 1977 e, novamente, em 1988 e 1993. Foram perguntados sobre sua saúde e sobre a quantidade de energia que gastavam em uma semana típica, repleta de atividades cotidianas tais como subir escadas, caminhar por quarteirões e atividades esportivas e recreacionais.

Os resultados foram subdivididos em cinco categorias de gasto de energia e em três categorias de intensidade de exercícios. Dados sobre fumo, consumo de álcool, índice de massa corpórea, hipertensão e diabetes também foram colhidos.

Os pesquisadores descobriram que aqueles que indicaram atividade física mais intensa (corrida, natação tênis e exercícios aeróbicos) apresentavam menor risco de doenças do coração. "Encontramos uma redução de 10 a 20% do risco de doenças cardíacas naqueles que praticavam exercícios vigorosos e uma redução de 10% do risco de doenças do coração naqueles que caminhavam 4,8 quilômetros ou mais em uma semana (exercícios moderados)", comenta Sesso. Ainda segundo Sesso, uma pessoa não precisa ser um atleta olímpico para ter benefícios com os exercícios.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2000
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Novos antibióticos devem ser usados com sabedoria
marcador Fumo ligado a intelecto debilitado em idosos
marcador Soja protege o coração sem elevar taxa hormônios
marcador Combatendo doenças cardíacas em minutos
marcador Vitamina D é medicamento promissor contra o câncer
marcador O mel pode ser a cura
marcador Caroteno e vitamina E protegem contra dano do sol para pele
marcador Dieta e exercício têm importante papel na prevenção do câncer
marcador Risco de câncer de mama está ligado à terapia de reposição hormonal
marcador Vitamina E pode ajudar a reduzir declínio cognitivo em idosos
marcador A aspirina pode trazer mais problemas do que benefícios na prevenção de doenças coronárias
marcador Mulheres ainda não têm o costume de tomar vitaminas para prevenir defeitos congênitos em seus bebês
marcador Vitaminas C e E podem proteger contra o declínio mental e algumas demências
marcador Descoberto método inovador de terapia genética para doenças do coração
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter