Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Janeiro de  2006

Cafeína limita fluxo sangüíneo para o músculo cardíaco
Fonte: Journal of the American College of Cardiology, 17/01/2005

Em voluntários saudáveis, uma quantidade de café equivalente a duas xícaras reduziu a capacidade do corpo de impulsionar o fluxo sangüíneo ao coração, em resposta ao exercício. O efeito foi mais forte quando os participantes estavam dentro de uma câmara que simulava alta atitude, de acordo com novo estudo publicado.

Os pesquisadores, incluindo o autor principal Mehdi Namdar, M.D., F.A.C.C., estudaram 18 jovens saudáveis que bebiam café regularmente. Os participantes não beberam café nas 36 horas anteriores ao teste.

Em uma parte do estudo, imagens PET mostraram o fluxo sangüíneo em 10 participantes antes e imediatamente após pedalarem bicicleta estacionária. Na segunda parte do estudo, o mesmo tipo de medida foi realizado em 8 participantes que estavam numa câmara simulando o ar rarefeito correspondente a uma altitude de 4.500 metros. O teste em alta atitude foi realizado para simular o modo que a doença na artéria coronariana priva o músculo cardíaco de oxigênio suficiente. Em ambos grupos, o procedimento foi repetido 50 minutos após cada participante ingerir um tablete contendo 200 mg de cafeína, equivalente a 2 xícaras de café.

A cafeína não afetou o fluxo sangüíneo do músculo cardíaco enquanto os participantes estavam em repouso. Entretanto, após o exercício, o fluxo sangüíneo era significativamente inferior. O efeito foi pronunciado no grupo da câmara simuladora de alta altitude.

O fluxo sangüíneo normalmente aumenta em resposta ao exercício e os resultados indicam que a cafeína reduz a capacidade do corpo impulsionar o fluxo sangüíneo ao músculo cardíaco. A razão entre o fluxo após exercício e em repouso, chamada reserva de fluxo miocardial, era 22% menor no grupo sob pressão normal e 39% menor no grupo da câmara simuladora de alta altitude.

Dr. Philipp A. Kaufmann, M.D., F.A.C.C., da University Hospital Zurich e Center for Integrative Human Physiology (CIHP), em Zurique, disse que a cafeína pode bloquear certos receptores nas paredes dos vasos sangüíneos, interferindo no processo normal pelo qual a adenosina sinaliza os vasos sangüíneos para se dilatarem em resposta às demandas da atividade física.

"Embora essas descobertas não pareçam ter importância clínica em voluntários saudáveis, elas podem levantar questões de segurança em relação aos pacientes com reserva de fluxo coronariano reduzido, como observado na doença arterial coronariana, particularmente depois do exercício físico e em altas altitudes", escreveram os pesquisadores.

Embora a cafeína seja um estimulante, esses resultados também indicam que o café pode não necessariamente aumentar o desempenho do atleta. "Agora temos uma boa evidência que a cafeína não é um estimulante para o fluxo sangüíneo no miocárdio. Ela pode ser um estimulante para o cérebro em termos de ficar mais desperto e alerta, o que pode dar a você a sensação de ter melhor desempenho físico. Mas agora, eu não recomendaria a um atleta ingerir cafeína antes dos esportes, disse Dr. Kaufmann. "Pode não ser tão inofensiva como imaginávamos antes, particularmente se você sofre de doença arterial coronariana ou se você está nas montanhas".

"Qualquer recomendação seria baseada em resultados de voluntários saudáveis e um pouco especulativa; entretanto, minha recomendação seria: não beba café antes de fazer exercício. Esperamos, em breve, fornecer dados referentes a pacientes com doença arterial coronariana", disse ele.

Os pesquisadores observaram que outros estudos sobre o café e doenças do coração produziram resultados variados. Embora este estudo tenha incluído apenas 18 participantes, os pesquisadores disseram que as diferenças observadas são suficientemente grandes para assegurar que os efeitos da cafeína no fluxo sangüíneo no músculo cardíaco sejam reais. Eles ressaltam que estudos mais amplos com pessoas com cardiopatias serão necessários para entender se os efeitos sobre o fluxo sangüíneo possuem conseqüências importantes para a saúde.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2006
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Batatas fritas pré-cozidas no microondas têm menor quantidade de acrilamida
marcador Solidão associada à hipertensão em idosos
marcador Dieta Mediterrânea diminui o risco de Alzheimer
marcador Uso de estatina melhora desempenho erétil de alguns homens
marcador Maçã melhora a memória
marcador Pessoas que restringem calorias possuem corações mais jovens
marcador Exercício acelera a cura de feridas em idosos
marcador Caminhar reduz declínio decorrente da doença arterial periférica
marcador Leite achocolatado pode ser a chave para vida mais saudável e mais longa
marcador Vitamina D inibe a progressão de alguns cânceres de próstata
marcador Caminhar reduz declínio decorrente da doença arterial periférica
marcador Amamentação melhora saúde mental
marcador Composto químico encontrado em morangos melhora memória
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter